Sábado, 20 de Setembro de 2008

Surpresa do dia!

Se há uma coisa no mundo que é capaz de dizer tudo sobre mim, é aquilo que  todos chamam de música. Para mim a música diz tudo de nós e ha sempre um cantor que canta o que estamos a sentir numa determinada altura e um estilo que se identifica com o nosso dia. Quantas vezes não chorei a ouvir uma musica, quantas vezes nao me animei com uma musica mexida aos altos berros, quantas vezes não me incomodou ouvir uma letra que diz o que não queria ouvir, quantas vezes me deitei com uma musica na cabeça e acordei com a mesma e quantas vezes não sonho acordada ao ouvir uma balada. Mas sempre ouvi o que era giro, leia-se moda, não dava abébias a que um fado (oh coisa chata) ou uma opera (oh coisa histérica) entrasse no meu nucleo de musicas preferidas. Está a fazer um ano que no meu carro já se ouve um fadinho bem cantado por umas meninas que até percebem da coisa e no teu já se ouve um excelente R&B e uma contagiante kizomba para além das minhas belas espanholadas aciganadas minhas conterrâneas. Mostras-te-me uma das maiores belezas desta terra que me acolheu, o fado, e hoje consigo-o apreciar e sentir as suas letras a tocarem bem no coração. Mas hoje aqui nesta tua casa, não esperava! Ultrapassas-te tudo o que de bom me podeste dar. Um jantar romantico, com aquela kizomba que te ensinei a dançar num dos nossos primeiros encontros e com uma garrafa de casal garcia já vazia, ouvi da tua voz o fado mais bonito que uma mulher de olhos azuis pode sentir. Amo-te!

 

 

Não Hesitava Um Segundo - Ana Moura

 

Entre os teus olhos azuis
E um quadro azul de Picasso
Entre o som da tua voz
E o som de qualquer compasso
Entre o teu anel de prata
E todo o ouro do mundo
Escolheria o que é teu
Não hesitava um segundo

Quantas ondas há no mar
Quantas estrelas no céu
Tantas quantas nos meus sonhos
Eu fui tua e foste meu
Entre o teu anel de prata
E todo o ouro do mundo
Escolheria o que é teu
Não hesitava um segundo

Entre o céu da tua boca
E a luz do céu de Lisboa
Entre uma palavra tua
E um poema de Pessoa
Entre a cor do teu sorriso
E todo o brilho do mundo
Escolheria o que é teu
Não hesitava um segundo

Entre o teu anel de prata
E todo o ouro do mundo
Escolheria o que é teu
Não hesitava um segundo

 

.::.Humor Proibido.::.: tua princesa
.::.Musica Proibida.::.: Não Hesitava Um Segundo - Ana Moura
publicado por MeninaDoFrutoProibido às 01:09
link do post | Adicionar aos favoritos
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.::.Fruto Proibido.::.

.::.Pesquisa.::.

 

Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.::.Frutos Recentes.::.

...

Surpresa do dia!

Tu és... Eu sou...

Nada mais importa

Pensa...

Mais uma vez

De regresso...

Dança...

... a vida continua ...

Nervos a flor da pele

.::.Frutos Passados.::.

Setembro 2008

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

.::.Frutos Favoritos.::.

Não vou escrever nada par...

Um estranho pensamento

blogs SAPO

subscrever feeds