Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Borboleta


Que coisa meiga você é?

 

 

 

Uma borboleta que ganha asas pelos bons sentimentos, acredita em magia, fadas e que todos precisamos de alguém neste mundo. É simples e a determinação conquista-a. É feliz ao seu jeito, à sua maneira, através das suas crenças e do seu mundo. Confia nas pessoas. Sonha em voar não mais alto mas para lugares melhores. Não pede o tempo do mundo mas apenas momentos. Sorri. Chora. Vive. Muitas vezes cansada. Muitas vezes triste. Muitas vezes desiludida. Muitas vezes desanimada. Mas nunca deixa ir embora a esperança. Embora considere a palavra "nunca" a mais perigosa.

 

 

 

Beijo*

.::.Humor Proibido.::.: a voar entre sonhos
.::.Musica Proibida.::.: Vicio de ti - Mesa
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Desejo-te!

 

 

A vontade de te ter em mim aperta, desejo que o meu corpo seja corrido pela tua lingua e o teu cheiro inunde a minha alma. Quero que me agarres como se não houvesse amanhã. Quero ouvir palavras bonitas e lamechas da tua boca mesmo que seja mentira. Quero que me possuas sem medos nem timidez. Preciso de ti! Ando a sentir demasiadamente a tua falta. Sinto que sou viciada no teu tocar, no teu carinho e no conforto que me dás. És a minha droga. O meu pior vicio. A minha maior tentação. Sonho-te. Desejo-te. Quero-te. Rasga-me a roupa com força. Não sejas doce. Sê aquele malandro que me conquistou. Pisca-me o olho. Morde o canto do lábio. Põe aquele sorriso vigarista e domina o meu ser. És-me tudo e mais alguma coisa!

 

 

Beijinho*

.::.Humor Proibido.::.: es o meu opio
.::.Musica Proibida.::.: Be Free - Belinda

De vuelta!

El olor de la cultura que me encanta, parece que todos los caminos estan abiertos, que los dias son eternos, que las estrellas brillan mas, hay espacio para mis pies, gano alas y puedo volar sin miedos,no hay tristeza o desilusion que pueda terminar con la esperanza.

Aqui se secan mis lagrimas, el mundo no es lo mismo, no hay tanta soledad ni indiferencia, siento que merezco el amor y que lo sol tiene otro sabor.

Aqui me siento bien.

Olvido los malos momentos. Estoy feliz. Confio mas en mi persona y soy lo que soy de verdade sin miedos y sin presiones. Al rededor tengo gente llena de sonrisas, con mucha amistad por mi y con qien me quedo bien. Todo es mas facil y simple. No se porque. Pero lo siento...

Y mismo que todo no pase de una ilusion lo sangre que circula en mi nunca dejara la passion terminar. Solo faltan en mi tierra unas cosas que hacen parte de mi y que las amo mas que nada lo mar, lo fado, la puente y TU!

Te quiero amor!

Nuestro amor es mi vida!

Te amooo!

 

Besiiito*

 

Alguna vez tenia escrito en mi lengua?

No es bonita? Y caliente? jajaja!

______________________________________

 

Alguma vez tinha escrito na minha lingua?

Não é bonita? E quente? ahahah!

 

 

Desculpem o desabafo, o post assim nesta linguagem mas é que sempre que venho de lá fico meio triste... É a vida...

 

Beijo*

.::.Humor Proibido.::.: assim assim...
.::.Musica Proibida.::.: Los ojos de la española - Tuna
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Boa Pascoa!

Guilherme Secchin

Porque a minha terra diz-me muito. É a terra de parte da minha família, é a lingua que cresci a ouvir, é a cultura que gosto de seguir, é a tradição que gosto de manter e o sonho que tenho vivo.

Um porto de abrigo do qual sinto muita falta e onde me sinto melhor.

Onde começam os desejos e terminam os sonhos.

Terra que me protege, terra que sabe do que preciso.

Terra que me espera! E só uma coisa me faltará...

A melhor de todas que este belo país que me acolheu me fez encontrar: TU!

Vou ter tantas saudades tuas nestas mini férias!

Gosto tanto de ti!

 

 

Boa Pascoa p tds!

 

Beijinho*

.::.Humor Proibido.::.: por um lado encantada!
.::.Musica Proibida.::.: Be free - Belinda
Terça-feira, 18 de Março de 2008

Por um beijo teu

 

 

Por um beijo teu, meu amor,
Desvendo milenares segredos
Acendo o fatal rastilho,
Do assombro e da sedução
Capturo os fantasmas errantes,
Na noite de todos os medos
E na madrugada dos tempos,
Dou voz viva ao meu coração…


Por um beijo teu, meu Amor,
Desprezo da vida, a vil razão
Esqueço a mágoa e a tristeza
Que nos fazem sentir proibidos
Afugento de mim tempestades,
De dor, de ira e de desolação
Entrego-me inteira e em êxtase,
Ao desígnio dos sentidos…


Por um beijo teu, meu amor,
Descubro o raro valor da emoção
Sublimo sonhos ardentes,
Em crescentes espirais de ternura
Ofereço-me em sacrifício pungente,
No Altar-Mor da paixão
E ensandeço de gozo e volúpia,
Em rubros lençóis de loucura!
Ana Paula Guerreiro
.::.Musica Proibida.::.: Um mundo ideal - Banda Sonora Aladin
.::.Humor Proibido.::.: perdida em ti
Segunda-feira, 17 de Março de 2008

Mais uma noite!

Cheguei a casa dele já a noite avançava.

Toquei e muito apressadamente a porta foi aberta.

 

M: Menina tinha me esquecido completamente que tinha combinado com o A. de ir beber um copo, há muito tempo que lho devo.

A: Ok! Não há problem! A tua casa fica em boas mãos!

M: Vais aqui ficar?

A: E porque não?

M: És incrivelmente surpreendente! É por isso que te adoro!

A: Vá lá! Deixa-te de lamechisses para não te atrasares!

M: Amo-te! Amo-te!

 

Decidi ver o filme "Fantasma da Opera" que já vi dezenas de vezes mas que continua a fascinar-me com um balde de pipocas que gostas de ter em casa, fiquei a analisar fotos tuas e da tua famelga, senti intensamente o cheiro das tuas toalhas e confirmei como gosto dele, acendi uma vela e tu nunca mais chegavas. O sono estava a vencer-me e decidi aodrmecer naquela cama que já tanto amor presenciou. A cama sem ti não é a mesma coisa, é mais fria e faz-me sentir sozinha no mundo, não percebo porquê mas quero-me convencer que é uma coisa apenas psicológica.

 

Chegas-te e nem dei por nada.

Despiste a roupa, vestiste o pijama e deitaste-te ao meu lado.

 

A: És tu?

M: Sim, menina...

 

Encostei as minhas costas às tuas para te aquecer ou quem sabe para ser aquecida. Deste-me um beijo no pescoço e fizeste-me vibrar. Tive a sensação que ainda não tinha dormido nada só porque me faltavas. Colocando-me completamente encaixada em ti, fiz-me rossar por ele uma data de vezes até o sentir a querer brincar comigo. Entre gemidos e suspiros virei-me de barriga para baixo, percebes-te a minha intenção e como sempre não me deixaste ficar mal...

 

Amo-te!

 

 

.::.Humor Proibido.::.: satisfeita
.::.Musica Proibida.::.: Eu não sei quem te perdeu - Pedro Abrunhosa
Sexta-feira, 14 de Março de 2008

Erros e arrependimentos!

Simplesmente não me arrependo do que faço, não gosto dessa palavra porque a vida é para ser vivida e não lamentada, mas também não vou dizer que nunca me arrependi porque mentiria. Apenas lamento coisas que não fiz e podia ter feito.

Erros... Todos cometemos! Eu própria já cometi tantos que cheguei a um ponto que consigo perdoar muitos daqueles que me rodeiam.

Erros... Foram eles que me mostraram o valor dos sentimentos, das pessoas, das relações e dos pequenos gestos!

 

"Uma delicia..."

 

Tinha saudades de ouvir isto...!

 

 

Beijinho!

 

.::.Musica Proibida.::.: Improvável - Zélia Ducan
.::.Humor Proibido.::.: compreendida

.::.Fruto Proibido.::.

.::.Pesquisa.::.

 

Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.::.Frutos Recentes.::.

...

Surpresa do dia!

Tu és... Eu sou...

Nada mais importa

Pensa...

Mais uma vez

De regresso...

Dança...

... a vida continua ...

Nervos a flor da pele

.::.Frutos Passados.::.

Setembro 2008

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

.::.Frutos Favoritos.::.

Não vou escrever nada par...

Um estranho pensamento

blogs SAPO

subscrever feeds