Sábado, 30 de Agosto de 2008

Mais uma vez

O que fazer? Quando o que somos se mistura com aquilo que deviamos ser? Quando o que tem de ser ganha uma força maior do que o que queremos fazer? Não sei... Este tipo de sentimentos sempre provocou em mim uma revolta enorme e nunca soube lidar bem com eles porque sinto que nunca são capazes de nos fazer felizes. Sou uma incorformada da vida como tu me chamas, se podesse girava o mundo todo até que as pessoas percebessem que não importa como, quando, com quem e onde estão... Importa se realmente são elas mesmas, se são felizes e que façam o que fizerem nao podem mudar os sentimentos dos outros. Esta nossa sociedade que é tão feita de leis protocolares, de julgamentos e criticas subjectivas corroi-me! Sabes... Por enquanto prefiro assim! Pensar que é um fruto proibido, ao menos vivo-o, não sou sujeita a boquinhas mediocres e olhares invejosos. Agora que tudo nos dava certezas para libertar-mos o amor que nos envolve, aparece mais um obstáculo, vamos contorná-lo em silencio? Sem ninguém saber? Só nós dois? (Mais uma vez...) Sim... Vamos... Vá lá...

 

 

 

 

Beijinho*

.::.Musica Proibida.::.: Love Song - Sara Bareilles
.::.Humor Proibido.::.: Vá lá.... Pf...
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

De regresso...

Ele: Sabes do que eu sinto falta?

Ela: Do quê?

Ele: Dos teus textos no nosso blog...

Ela: A sério?

Ele: Fazia-me bem, começar os dias de trabalho a ler o que escrevias sobre os nossos momentos.

Ela: Eu não tenho tido cabeça para isso e também eu não escrevo assim tão bem...

Ele: Estas a dizer que não tens tempo para nós? Eu não sei se escreves bem, mas que eu gosto, lá isso gosto!

Ela: Oh não digas isso.

Ele: Mas tens estado ausente demais.

Ela: Desculpa!

 

 

Pois e foi assim que decidi voltar! Confesso que mexeu muito comigo as tuas palavras e colocaram em mim um sentimento de culpa nunca antes sentido. Continuo a sentir por ti o mesmo que senti no primeiro momento, no primeiro beijo, no primeiro encontro, na primeira prenda, na primeira musica, na primeira lágrima, no primeiro sorriso e no primeiro dia em que te vi. Continuo a agradecer a Deus por ter traçado uma perpendicular nos nossos caminhos e feito com que te encontrasse. Continuo a querer-te da mesma forma. Desculpa se nas ultimas vezes não és a minha prioridade. Mas como sempre compreensivo percebes que os estágios ocupam os meus dias e trabalhar/estudar não é facil. Obrigado! De volta!

 

 

Beijinhos*

 

.::.Musica Proibida.::.: Absurda Cenicienta - Chenoa
.::.Humor Proibido.::.: desculpa...

.::.Fruto Proibido.::.

.::.Pesquisa.::.

 

Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.::.Frutos Recentes.::.

...

Surpresa do dia!

Tu és... Eu sou...

Nada mais importa

Pensa...

Mais uma vez

De regresso...

Dança...

... a vida continua ...

Nervos a flor da pele

.::.Frutos Passados.::.

Setembro 2008

Agosto 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

.::.Frutos Favoritos.::.

Não vou escrever nada par...

Um estranho pensamento

blogs SAPO

subscrever feeds